Blog da Chris

Moradores da Ilha de Santa Luzia sofrem com som alto, baderna e sujeira.

Situação difícil tem enfrentado os moradores das imediações da AABB, no Alto de São Manoel.

A conveniência de um posto de combustíveis localizado na Av. Presidente Dutra virou ponto de encontro para badernas e otras cositas más, segundo denúncias que chegaram ao blog.

A movimentação em frente ao estabelecimento começa na quarta-feira e segue até a manhã das segundas. Toda semana a mesma a coisa.

Os moradores do entorno, predominantemente idosos, não conseguem mais dormir com o barulho dos paredões de som que amanhecem o dia. As ruas sujas, cheias de lixos por todos os lados, viraram banheiros a céu aberto.

Todos os dias as calçadas das lojas e residências próximas ao local precisam ser lavadas e desinfetadas, tamanho a fedentina do local.

Segundo relatos, várias denúncias já foram feitas, ligações aos órgãos competentes, como a Polícia Ambiental, são recorrentes e nada se faz. As autoridades não tomam uma providência.

Não conseguimos dormir, levantamos para trabalhar muitas vezes sem pregarmos o olho a noite inteira. Não está adiantando as muitas denúncias aos órgãos competentes. Não nos ouvem, nada fazem. Precisamos de ajuda.”, disse em tom de desespero um morador da Ilha de Santa Luzia ao blog.

Os relatos são todos iguais.

Cheguei numa quarta-feira de uma viagem às 3h da manhã, lá em frente parecia uma carreata. Som nas alturas, e farra pesada”, afirmou moradora.

Não temos mais condições de sentar na calçada. Vivemos trancados. Além do som insuportavelmente alto, que não nos deixa ver uma TV, dormir… virou ponto de encontro para práticas ilícitas. Estamos com medo”.

Nota da Chris:

Alô Ministério Público, Polícia Ambiental, Polícia Militar…. façam algo.

Do jeito que está não dá para continuar.

Acompanhe o Blog da Chris pelo Instagram.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Twitter