Blog da Chris

Balanço político do Pingo da Mei Dia

Fátima Bezerra e Rosalba Ciarlini no Pingo da Mei Dia.  (Foto: publicação)

Por Rubens Coelho

O tradicional evento ocorrido em Mossoró, sábado passado (02), do ponto de vista festivo, foi exitoso, sem dúvida alguma. Relativamente calmo, sem a violência que era registrada em anos anteriores. Mas como não poderia ser diferente, sendo véspera de eleições, os políticos fizeram tudo e mais alguma coisa, para se fazerem presentes, com os habituais sorrisos acenos e abraços aos quem se aproximassem deles. Faz parte do show.

A Rosa de Hiroshima no Pingo da Mei Dia (Foto: publicação)

Tivemos cenas quase hilariantes, se não fossem patéticas, por exemplo, Fátima Bezerra(PT), abraçando Rosalba Ciarlini(PP). Ora, a prefeita de Mossoró, sempre foi considerada pela esquerda, e especialmente, pelos petistas como direitista e inimiga dos trabalhadores, que o digam os funcionários públicos municipal, tanto é assim, que foi por iniciativa do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, de se apresentarem nos festejos, diante do camarote da prefeita, uma boneca gigante caricata de Rosalba com uma faixa atravessada na vertical com o nome: “Rosa de Hiroshima” e outra na horizontal com os dizeres: “No Pingo da Meio Dia, sem um pingo de aumento”. Tudo isso para constrangimento da senadora petista, de Rosalba e seu pessoal presente.

Além do mais, Fátima quer se aliar com alguém do Partido Progressista(PP), que além de ser o partido proporcionalmente mais envolvido em corrupção da Lava Jato era frequentemente acusado de golpista pela própria senadora e seus correligionários?Segundo informações, Fátima Bezerra (PT), tem encontro marcado com o cacique Carlos Augusto Rosado (PP), para conversarem sobre eventual apoio dos Rosadistas/Rosalbistas à sua candidatura ao governo do Estado.

Nisso tudo, há muita incoerência e oportunismo dos lados em conluio. Se o acordo vigorar, os protagonistas perderão o discurso, serão vistos como farinha do mesmo saco, com sérios prejuízos para a consciência e educação política do povo.

Ainda queremos crer na inviabilidade dessa aliança, Carlos Augusto Rosado é matreiro, político profissional com muitos anos de janela, não é afeito a aventuras, pragmático, só apoia quem pode oferecer alguma vantagem para si e seu grupo antecipadamente ao pleito. E, nesse caso, o que Fátima Bezerra (PT) pode proporcionar depois de ter perdido o poder em nível nacional? Nada, a não ser uma vaga de vice na chapa majoritária estadual e a divisão de poder numa eventual e difícil vitória. Eis a questão.

O Pingo da Mei Dia foi rico em folclore político.

* Rubens Coelho é jornalista e escritor.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Twitter