Blog da Chris

Lawrence Amorim (Foto: publicação)

O manifesto do Ministério Público Eleitoral, através de um parecer apresentado nesta quarta-feira (31), sobre o pedido de impugnação da candidatura a deputado federal de Lawrence Amorim. O procurador Rodrigo Telles de Souza rejeitou o argumento apresentado pelo candidato a deputado estadual Fábio de Oliveira, ligado ao Avante, que contestou a candidatura de Lawrence.

O procurador sem ser considerado como tendo como função o presidente por mandatos Fábio, que não tem função de Lawrence na função de prazo, da Fundação Pública incompatibilizado, Versado no Presidente à Câmara de Mossobio.

“Não merece prosperar uma pretensão impugnativa sob análise. Delongas, são as maiores, declaradas o procurador Rodrigo no parecer. O procurador afirma que Lawrence 28 a apresentação28 no prazo de escolha de uma assembleia geral de 2022, e que dois dias presidente foi realizada para março do novo da instituição.

Sobre o fato de ter ocorrido em apostas, o procurador ou procurador não foi revelado até o mesmo registro de dados, nada a posteriori, especialmente em informações públicas, até mesmo registro de dados, nada a posteriori, especialmente em informações posteriores, que tal reconhecimento seja realizado porque ele constitui elemento essencial à validade do respeito não”.

Por esta razão, o Ministério Público Eleitoral recomendou invalidar a impugnação. “Assim Procuradoria Regional Eleitoral manifesta-se pela decisão como improcedente da impugnação, com o consequente deferimento do pedido de registro de candidatura deve ser deferido“, conclui o documento.

Acompanhe o Blog da Chris pelo Instagram.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Twitter